16 de setembro de 2009

O Espantalho

De palha, de pele, de nervo...
Vai espantar os corvos ou
Espanta-te a ti mesmo.

4 comentários:

Kenia Cris disse...

Espantalhos pra mim são tãoooo macabros! Sempre os associo ao filme 'colheita maldita', que me dava mto medo de ver quando era mais nova! Credo!

Beijo-te com carinho.

Grigório Rocha disse...

Um poema curto e denso. Muito bom. Espantalhos são figuras consagradas pela literatura de terror. Já vi uma brincadeira bem interessante que meteu medo em muta gente utilizando a figura do espantalho, um simulacro feito para o espanto.

Alisson da Hora disse...

Belo!

Boneco de madeira disse...

irado!!!!

 
BlogBlogs.Com.Br