4 de maio de 2009

Proposta

(À um poeta bissexto)

Juntei os meus versos,
E fiz uma pena,
Para lhe presentear.
Proponho-lhe que conte
A minha história.
Poesia formal ou versos brancos?
Você me dirá!
(Calliope, 03/05/2009)

3 comentários:

Anônimo disse...

Que se dispensem as formalidades, mas como bom cavalheiro, à dama deve se reservar a prerrogativa.
Alea Jacta Est.

Grigório disse...

Que se dispensem as formalidades, mas como bom cavalheiro, à dama deve se reservar a prerrogativa.
Alea Jacta Est.

P.S.: Agora devidamente assinado.

Carlos Barros disse...

Os poemas têm uma suavidade e caem do alto para baixar no nosso chão, com muita delicadeza...

Muitos beijos!

Veja o meu blog:

www.cantigavemdoceu.blogspot.com

 
BlogBlogs.Com.Br